Notícias

Circuito de Cinema Soviético

Circuito de Cinema Soviético

Última semana de exibição (até 30/08) de "ESTRELA", às 17h, na Sala Norberto Lubisco, na Cinemateca Paulo Amorim, na Casa de Cultura Mário Quintana.

Estrela - Nikolai Lebedev (2002)
Grupo especial do Exército Vermelho – codinome, A Estrela - é enviado a uma missão de reconhecimento atrás das linhas inimigas, no verão de 1944. Refilmagem do romance homônimo de Emmanuil Kazakevich, publicado em 1947, com sucesso instantâneo de público e crítica.

Valor da sessão:
Terças, Quartas e Quintas-Feiras: R$ 12,00 (R$ 6,00 para Estudantes e Maiores de 60 Anos).
Sextas, Sábados, Domingos e Feriados: R$ 14,00 (R$ 7,00 para Estudantes e Maiores de 60 Anos).
Clientes do Banrisul: 50% de descontos em todas as sessões.

MAIS DE 10 MIL NAS RUAS EM DEFESA DO MEIO PASSE

MAIS DE 10 MIL NAS RUAS EM DEFESA DO MEIO PASSE

Mais de 10 mil estudantes ocuparam as ruas de Porto Alegre no dia do 11, dia do estudante, em defesa do Meio-Passe. Em uma manifestação histórica, estudantes deram uma demosntração da sua força, e nas palavras de ordem deixaram o recado para o Marchezan, "O meio passe é meu direito, se mexer nele derrubamos o prefeito'. Este foi a primeira ação em defesa do Meio-Passe, ainda terão outras atividades até a retirada do projeto da Câmara.

De acordo com Erick Pimentel, presidente da União Metropolitana dos Estudantes de Porto Alegre - UMESPA “a exigência da renda irá burocratizar o sistema a partir da solicitação de muitos documentos. Na prática, vai impedir milhares de estudantes de usarem o direito ao meio-passe, obrigando-os a parar de estudar. Atualmente, só utiliza o ônibus em Porto Alegre quem é obrigado. Sabemos que nenhuma família que tenha condições financeiras para levar os seus filhos à escola os submeteria à péssima qualidade do transporte, e principalmente à insegurança atual, que prejudica diretamente os estudantes nas saídas das escolas. Vamos derrubar esse pacote”,

Segundo o presidente da União Gaúcha dos Estudantes Secundaristas (UGES), Marcos Prestes, a manifestação do dia 11 foi uma resposta dos estudantes aos ataques promovidos pelo Marchezan. “O dia 11 de agosto foi apenas o começo de uma jornada de lutas na consolidação de uma frente permanente em defesa do meio-passe, que os estudantes irão organizar até que o pacote seja derrubado”.

Na íntegra segue a nota da UMESPA que convocou o ato:

 

O prefeito Marchezan encaminhou para a Câmara de Vereadores, no dia 25 de julho, projeto para restringir o Meio-Passe, que visa tirar o direito dos estudantes, não baixar a tarifa e ainda aumentar o lucro dos empresários.

     Atualmente só utiliza o ônibus em Porto Alegre quem é obrigado. Sabemos que nenhuma família que tenha condições financeiras para levar os seus filhos para escola (ou contratar um transporte escolar) os submeteria à péssima qualidade do transporte, e principalmente à insegurança atual, que prejudica diretamente os estudantes nas saídas das escolas. Ao mesmo tempo, vem a proposta da prefeitura de retirar o direito de estudantes de cursos pré-vestibulares e profissionalizantes. Para o ensino médio, fundamental e técnico a proposta é limitar a quem comprovar renda familiar de 3 salários mínimos, burocratizando o sistema, na exigência de muitas documentações, que na prática vai impedir milhares de estudantes de usar seu direito ao meio-passe, obrigando estes a parar de estudar.

    O projeto também retira o direito aos domingos e feriados, limita a cota mensal para 50 passagens, que hoje é de 75 passagens, acaba a possibilidade de requerer 150 passagens, que hoje é dado para quem precisa de 4 passagens diárias.

    O país está em uma crise profunda com mais de 26 milhões de desempregados e subempregados, onde as famílias fazem um esforço para garantir a seus filhos o acesso a educação. Neste momento Marchezan ataca mais uma vez a Educação, depois de atacar o EJA, POP, UNIPOA, agora vem querer acabar com o Meio-Passe, o prefeito em vez de tratar o transporte como público, trata como privado, não cobra do governo federal isenções de impostos, não quer mexer no lucro dos empresários de ônibus e ainda os ajuda, propondo a demissão de cobradores, aumento do tempo de uso dos ônibus, sendo que eles já tem um lucro absurdo de 40 centavos por tarifa.

    Nossa resposta será nas ruas, no dia 11 de Agosto, dia do estudante, vamos parar Porto Alegre e deixar bem claro que ninguém vai mexer no nosso direito.

 

 

Shows internacionais em Porto Alegre, ESTUDANTE PAGA MEIA ENTRADA

Faça sua carteira da UGES e garanta seu direito, pague meia-entrada nos shows interncaionais que terão em Porto Alegre ainda esse ano.

 

Seconds of Summer – 12/09 – Pepsi On Stage

The Cult – 18/09 – Opinião

Bom Jovi /The Kills – 19/09 – Beira Rio

Pet Shop Boys – 23/09 – Pespsi on Stage

The Who/Def Leppard – 26/09 – Anfiteatro Beira Rio

Millencolin – 08/10 – Opinião

Halloween – 31/10 – Opinião

Paul McCartney – 13/10 – Beira Rio

John Mayer – 24/10 – Anfiteatro Beira Rio

Green Day – 07/11 – Anfiteatro Beira Rio

Coldplay – 11/11 – Arena do Grêmio

Apocalyptica – 21/11 – Opinião

Festival Internacional de Reggae – 10/12 – Araújo Viana

Congressos da UGES e UMESPA reunem mais de 600 lideranças estudantis

Na última quinta, dia 26 de Outubro, ocorreram o 59° Congresso Estadual de Estudantes e o 15° Congresso Municipal de Estudantes, em Porto Alegre. O salão da Igreja da Pompéia ficou lotado com a presença de mais de 600 lideranças estudantis do estado que representavam mais de 100 escolas. Entre os debates, teve a mesa de abertura com diversos convidados dos Movimentos Sociais, plenária da Frente Parlamentar em Defesa do Meio-passe com a presença de vereadores de Porto Alegre e também os debates de Educação e Conjuntura. Foram debates intensos durante todo o dia, onde os estudantes denunciaram os retrocessos dos Governos Temer, Sartori e Marchezan. Na plenária final foram aprovadas 4 resoluções: de Conjuntura, Educação, Em defesa do Meio-Passe e Combate as opressões, por último foram eleitas as novas diretorias, o ex-presidente do Grêmio Estudantil da escola Emilio MAssot de Porto Alegre, Gleisson Minhos Carvalho, foi eleito presidente da União Gaúcha dos Estudantes - UGES e a presidente do Grêmio Estudantil da Escola Parobé, Vitória Cabreira foi eleita a nova presidente da União Metropolitana dos Estudantes Secundários de Porto Alegre – UMESPA.

Parceiros

Encontre-nos